Junho’22 | Casa das Artes

MEMÓRIAS & CONFISSÕES

O mês de junho na Casa das Artes é dedicado a filmes cuja temática se debruça em memórias e confissões.

Abrimos o mês com o clássico de Nanni Moretti, Querido Diário, um filme confissão do cineasta onde vemos a sociedade italiana sob o olhar do autor. Na mesma semana, exibimos O Carteiro de Pablo Neruda, onde seguimos a amizade ficcionada entre um simples carteiro e o poeta Pablo Neruda.

No dia 9 de junho exibimos o mais recente filme do português João Mário Grilo, Vieirarpard, cujo ponto de partida é a troca de correspondência do casal Maria Helena Vieira da Silva e Arpad Szènes.

No dia 11 de junho, recebemos a CASA DA ANIMAÇÃO com o seu projeto CASA EM MOVIMENTO onde será exibido uma mostra de cinema de animação portuguesa programada por Abi Feijó e Bruno Caetano. A entrada será gratuita.

No sábado, 18 de junho, exibimos o documentário de Sergei Loznitsa, Funeral de Estado, onde a partir de imagens de arquivo do funeral de Estaline , o autor procura a verdade sobre o culto da personalidade.

E depois do São João, exibimos no sábado 25 de junho o filme da dupla Joana Hadjithomas, Khalil Joreige, Caixa de Memórias. Viajamos até ao Líbano, através das memórias imprensas em cassetes e diários e guardadas durante 20 anos.

A fechar o mês exibimos o filme de Lucas Belvaux, Coisas de Homens sobre os antigos combatentes franceses da Guerra da Argélia. É um filme sobre memória, recordações, cicatrizes.

Não percam junho, há muito para ver!

Quinta-feira, 2 de junho | 21h30

QUERIDO DIÁRIO

CARO DIARIO

Nanni Moretti

1993 | ITÁLIA | FIC | 100’ | M/12


Um dos maiores clássicos do cinema europeu dos anos 90, misto de comédia e documentário autobiográfico, realizado e interpretado por Nanni Moretti.

Um misto de comédia e documentário autobiográfico realizado e interpretado por Nanni Moretti. O filme, que valeu ao cineasta o prémio de melhor realizador em Cannes no ano de 1994, divide-se em três partes. Querido diário é um olhar morettiano sobre a Itália dos anos noventa e possivelmente a obra mais popular do autor.

Sábado, 4 de junho | 18h00

O CARTEIRO DE PABLO NERUDA

IL POSTINO

Michael Radford

1994 | ITÁLIA | FIC | 120’ | M/12


Baseado no livro Il Postino de Antonio Skármeta, O CARTEIRO DE PABLO NERUDA retrata a amizade entre o poeta chileno Pablo Neruda e um humilde jovem carteiro. 

Em 1952, Pablo Neruda (Philippe Noiret) é forçado, por questões políticas, a viver exilado numa pequena ilha italiana, onde conhece Mario Ruoppolo (Massimo Troisi), filho de pescadores sem rumo na vida, loucamente apaixonado pela mulher mais bonita da cidade mas demasiado tímido para lhe dizer o que sente por ela. Aos poucos, Neruda ensina o amor, a vida e a poesia a Mario para que este possa conquistar o coração da sua amada. 

Uma divertida comédia romântica e um tributo ao amor que marcou toda uma geração! 

Quinta-feira, 9 de junho | 21h30

VIEIRARPAD

João Mário Grilo

2021 | PT/BR/FR | DOC | 90’ | M/12

VIEIRARPAD parte da correspondência do casal Maria Helena Vieira da Silva e Arpad Szènes, entre 1932-1961. As cartas e a intimidade da palavra são pretexto para a exploração de uma visualidade íntima, onde a memória do séc. XX, século de exílios, se articula com a obra plástica de Vieira e Arpad, com elementos iconográficos das suas vidas e arquivos audiovisuais de épocas e geografias distintas, além de vários depoimentos relevantes.

Sábado, 11 de junho | 18h00

sessão especial

CASA EM MOVIMENTO

Mostra de Cinema de Animação Português

curadoria de Abi Feijó e Bruno Caetano

sessão feita em parceria com a Casa da Animação – Entrada Livre

(programação anunciada em breve)

Quinta,26 não temos sessão.

Sábado, 18 de junho | 18h00

FUNERAL DE ESTADO

STATE FUNERAL

Sergei Loznitsa

2019 | HOLANDA/LITUANIA | DOC | 135’ | M/12

A partir de imagens de arquivo, a maioria delas completamente inéditas, Loznitsa retrata o funeral de Estaline como o culminar do seu culto da personalidade. A notícia da sua morte, a 5 de Março de 1953, deixou em choque toda a União Soviética. Milhares de pessoas assistiram ao funeral, descrito pelo jornal Pravda como “a Grande Despedida”. Loznitsa aborda a questão do culto da personalidade de Estaline como uma forma de ilusão induzida pelo terror. Retrata a natureza do regime e o seu legado, que continua a assombrar o mundo contemporâneo.

Quinta, 23

Como é habitual,

não há sessão

ninguém leva a mal

afinal, é São João!

Sábado, 25 de junho | 18h00

CAIXA DE MEMÓRIAS

MEMORY BOX

 Joana Hadjithomas, Khalil Joreige

2021 | FR/LIBANO/CAN | FIC | 102’

Maia vive em Montréal com a filha adolescente, Alex. Na noite de Natal, Maia recebe uma caixa. Lá dentro estão os cadernos, as gravações e as fotos que ela enviava à sua melhor amiga, depois de esta partir do Líbano. Maia recusa-se a abrir esta “caixa de Pandora”, mas Alex, trancada em casa devido a uma tempestade de neve, acaba por, às escondidas, vasculhar a caixa de memórias da mãe, descobrindo a adolescência conturbada de Maia durante a guerra em Beirute. Caixa de Memórias é o filme mais admirável da dupla libanesa, que têm vindo a trabalhar a questão da memória na criação de imagens e os processos emocionais associados aos traumas de guerra.

Quinta-feira, 30 de junho | 21h30

COISAS DE HOMENS

DES HOMMES

Lucas Belvaux 

2020 | FR/BELG | FIC | 101’ | M/14

Foram chamados para a Argélia na altura dos “acontecimentos” em 1960. Dois anos depois, Bernard, Rabut, Février e outros regressaram a França. Sem falar no assunto, viveram as suas vidas. Mas às vezes basta um quase nada, um dia de aniversário, um presente no bolso, para que quarenta anos depois, o passado irrompa na vida daqueles que acharam que podiam negá-lo.

Rua Ruben A, nº210, 4150-639, Porto

Bilhete Normal: €3,50 
Bilhete Estudante e +65 anos: €2,50 
Bilhete Associado Cineclube do Porto: €0,50 

A bilheteira abre meia-hora antes de cada sessão.

Não se fazem reservas. Já há multibanco