SETEMBRO ’20 | CASA DAS ARTES

SETEMBRO

ROCK STARS

Para setembro e para o nosso regresso à sala Henrique Alves Costa na Casa das Artes, escolhemos o tema Rock Stars.

Mais do que prender a um género musical, a expressão diz respeito a um estado de espírito que passa por todos os protagonistas dos filmes seleccionados. Uma personalidade larger than life, que não se conforma e não se ajusta ao mundo que a rodeia, tornando-se um epicentro de emoções e muitas vezes de caos.

Abrimos dia 10 com o filme de Susanna Nicchiarelli sobre Nico, atriz, modelo, musa de Andy Warhol que cantou com os Velvet Underground e fez carreira a solo a conselho de Jim Morrison. Nico 1988 retrata a vocalista na sua última digressão a solo.

No dia 12 temos um sessão especial dedicada ao centenário de Federico Fellini com a exibição do filme Julieta dos Espíritos que será precedida pela apresentação do livro de Anabela Dinis Branco de Oliveira sobre o realizador italiano.*

Na semana seguinte, exibiremos o mais recente filme do chileno Pablo Larraín que volta à sua terra natal para filmar Ema. Ema é dançarina, casada com Gastón, um coreógrafo controlador. Depois de uma adoção falhada, Ema decide tomar algumas decisões que terão consequências caóticas aos elementos à sua volta.

Para sábado, dia 19, Her Smell de Alex Ross Perry, que conta a história de Becky, uma cantora punk rock que, nos últimos anos, se deixou levar por uma espiral de autodestruição. Uma interpretação imperdível de Elizabeth Moss.

Na quinta-feira, dia 24, exibimos o filme que PJ Harvey fez com Seamus Murphy onde documenta a criação do seu álbum através das viagens que fez para se inspirar.

Não percam setembro, há muito para ver!

Quinta-feira, 10 setembro | 21h30

NICO 1988

Susanna Nicchiarelli

ITÁLIA | 2017 | FIC | 93′ | M/16

Vencedor da secção Orizzonti no Festival de Veneza, Nico, 1988 é um biopic musical sobre a última fase da vida de Nico, ícone feminino dos Velvet Underground e musa de Andy Warhol. O filme retrata a vocalista naquela que seria a última digressão a solo, enquanto tenta restabelecer a relação com o lho e lidar com a sua toxicodependência e depressão.

Sábado, 12 setembro | 18h00

Sessão Fellini –  celebração do centenário do realizador

JULIETA DOS ESPÍRITOS

GIULIETTA DEGLI SPIRITI

Federico Fellini

Itália | 1965 | FIC | 137’ | M/12

Suspeitando da infidelidade do marido, Giulietta (Giulietta Masina) entra numa jornada surreal de auto descoberta, repleta de sonhos selvagens e fantasias encantatórias que envolvem Suzy, a sua vizinha sexualmente emancipada, e seu estilo de vida glamouroso dos anos 1960.

Julieta dos Espíritos é o reverso feminino do “eu” masculino de Fellini 8 1/2. 

Quinta-feira, 17 setembro | 21h30

EMA

Pablo Larraín

Chile | 2019 | FIC | 102’

Os pais adoptivos Ema e Gastón são espíritos livres artísticos, num grupo de dança experimental, cujas vidas são lançadas para o caos quando o filho, Polo, se envolve num acidente muito violento. Com o casamento a desabar por causa da decisão de abandonar o filho, Ema embarca numa odisseia de libertação e auto-descoberta, enquanto dança e seduz a caminho de uma ousada nova vida. Centrado na sinuosa e electrificante arte da dança reggaeton, EMA é um retrato de uma jovem em chamas, a história de um temperamento artístico obrigado a lutar contra a pressão da sociedade e a necessidade de se conformar.

Sábado, 19 setembro | 18h00

HER SMELL: A MÚSICA NAS VEIAS

Alex Ross Perry

EUA | 2018 | FIC | 134’

Becky é uma cantora punk rock que, nos últimos anos, se deixou levar por uma espiral de autodestruição. Apesar dos vários relacionamentos disfuncionais, tenta começar do zero, recuperando o equilíbrio necessário para cuidar da filha pequena e voltar aos palcos com a determinação de outrora.

Um drama musical com realização de Alex Ross Perry (“Queen of Earth”, “Golden Exits”), com Elisabeth Moss como protagonista.

Quinta-feira, 24 setembro | 21h30

PJ HARVEY: A DOG CALLED MONEY

Seamus Murphy

IRLANDA, REINO UNIDO | 2019 |DOC | 94’ | M/12 

Para o seu nono álbum de estúdio, PJ Harvey, um ícone da música alternativa, visitou o Afeganistão, o Kosovo, e Washington D.C., com o objectivo de conversar com pessoas locais e deixar que as suas histórias inspirassem as letras das suas canções. Seamus Murphy, fotógrafo e realizador premiado, capturou esses momentos neste ambicioso documentário.

A sessão de dia 26 de setembro será anunciada em breve.

*A apresentação do livro FEDERICO FELLINI – A INEVITABILIDADE DA ARTE decorrerá na Casa das Artes às 16h30.

De acordo com as novas regras associadas ao combate à pandemia do COVID-19, o uso de máscara é obrigatório no interior da Casa das Artes e durante a duração total do filme.

Os lugares serão marcados e com um lugar de intervalo entre os espectadores.

Sala Henrique Alves Costa- Rua Ruben A, 210, Porto

bilhete normal: 3,5€ | bilhete estudante / +65 anos: 2,5€ | bilhete sócio CCP: 0,5€

A bilheteira abre 45 minutos antes de cada sessão.

Não se fazem reservas. Não há multibanco.