KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã | 21 a 25 Maio’19 | Casa das Artes

kino

Na próxima semana, KINO – mostra de cinema de expressão alemã chega à Casa das Artes.

De terça-feira, 21 a sábado, 25 de maio serão exibidos 12 filmes, nesta que será a sua primeira edição idependente na cidade do Porto.

Entre ficção e documentário, esta edição da KINO apresenta algumas das produções que mais se destacaram nos grandes festivais internacionais e, como vem sendo habitual, obras de jovens e promissores realizadores oriundos da Alemanha, Áustria, Suíça e do Luxemburgo.

A programação recebe alguns dos filmes mais proeminentes atualmente bem como propostas mais alternativas, dando assim a conhecer um panorama diversificado das cinematografias recentes dos países de língua alemã.

In den Gängen (Entre Corredores) de Thomas Stuber é o filme de abertura, já na próxima terça-feira, às 21h30.

A sessão de encerramento será no sábado, 25, às 21h30 com a exibição de  Ich war zuhause, aber (Estava em casa, mas), de Angela Schanelec – filme que recebeu o Urso de Prata para Melhor Realização no Festival de Berlim deste ano.

Esta primeira edição independente da KINO a norte é co-organizada pelo Cineclube do Porto.

Terça-feira, 21 de maio

21h30

SESSÃO DE ABERTURA

ENTRE CORREDORES

IN DEN GÄNGEN

Thomas Stuber

País: Alemanha | Ano: 2018 | Duração: 120 min. | Legendas: PT (BR)

O mais recente entre os trabalhadores do hipermercado, Christian mergulha silenciosamente nesse universo desconhecido: os longos corredores, a ordem eterna dos armazéns, a mecânica surreal das empilhadoras, o colega do departamento de bebidas, sem esquecer Marion, que trabalha nos corredores dos doces. Quando Christian começa a apaixonar-se por ela, todo o hipermercado torce entusiasticamente por ele. No entanto Marion é casada – mas não muito feliz, diz-se. Na sua segunda longa-metragem, baseada num conto homónimo de Clemens Meyer, Thomas Stuber conta, num tom de realismo mágico, o dia-a-dia e os anseios dos trabalhadores numa província do leste da Alemanha.

Quarta-feira, 22 de maio

17h

O FUNCIONÁRIO

DER FUNKTIONÄR

Andreas Goldstein

País: Alemanha | Ano: 2018 | Duração: 72 min. | Legendas: PT

O primeiro documentário de Andreas Goldstein é um trabalho de caráter muito pessoal a respeito do seu pai, Klaus Gysi, uma das principais figuras da política cultural da RDA. Na sua infância, foram sempre breves os momentos que Goldstein passou com o pai, permanecendo este repleto de contradições para o filho já adulto. A partir de uma grande quantidade de fotos, imagens de Berlim Oriental e material de arquivo da televisão estatal da RDA Goldstein compõe um ensaio autobiográfico tão poético quanto conciso, que possibilita um novo olhar sobre o mesmo país em que o próprio Goldstein nasceu.

18h30

AUTOCRÍTICA DE UM CÃO BURGUÊS

SELBSTKRITIK EINES BÜRGERILICHEN HUNDES

Julian Radlmaier

País: Alemanha | Ano: 2017 | Duração: 99 min. | Legendas: PT, EN

Um galgo burguês confessa como passou de realizador a quadrúpede: como não recebe apoios financeiros, Julian aceita um trabalho na colheita. Tenta convencer a jovem canadiana Camille que se trata de uma pesquisa para as filmagens de um conto de fadas comunista em que ela teria o papel principal. Camille quer acompanhá-lo e Julian tece fantasias românticas. Acabam no idílio ilusório de uma plantação exploradora. Uma tentativa de revolução termina em desconcerto. Então, os pardais nas árvores inventam um plano escandaloso… Um filme com uma enorme carga cómica e auto-irónica sobre a esquerda urbana dos nossos tempos.

Quinta-feira, 23 de maio

16h45

A MEDIDA DE CONSTRUÇÃO

DIE BAULICHE MASSNAHME

Nikolaus Geyrhalter

País: Áustria | Ano: 2018 | Duração: 112 min. | Legendas: PT

Na primavera de 2016, o governo toma medidas para proteger a Áustria de mais uma onda de refugiados. Fala-se numa vedação na passagem do Brennero com a Itália e os controlos fronteiriços vão ser reintroduzidos. Relatos na imprensa alimentam uma atmosfera alarmista, ao mesmo tempo que as autoridades locais tentam serenar a população, que se encontra dividida: muitos temem a “medida construtiva” bem como a suposta ameaçadora “alienação” da pátria. No seu mais recente documentário, Nikolaus Geyrhalter faz o retrato de uma região transfigurada pelo desejo de delimitação.

19h

ANGELO

Markus Schleinzer

País: Luxemburgo, Áustria | Ano: 2018 | Duração: 111 min. | Legendas: PT, EN

Baseado em factos verídicos, o filme conta a história de Angelo, um africano nascido no século XVIII e transportado para a Europa com 10 anos. Convertido em criado de uma família da aristocracia vienense ilustrada, chega a ser um hóspede apreciado e uma atração para os membros da alta sociedade. Próximo do imperador, decide casar-se com Magdalena, uma jovem criada por quem se apaixona e virá a sofrer a rejeição da corte. No auge do seu prestígio, dar-se-á conta de que a sua alteridade nunca desaparecerá nem lhe permitirá conhecer uma vida normal.

21h30

GUTLAND

Govinda van Maele

País: Luxemburgo, Bélgica, Alemanha | Ano: 2018 | Duração: 107 min. | Legendas: PT, EN

Jens surge inesperadamente numa aldeia perdida do Luxemburgo. Misterioso, o alemão é, porém, acolhido calorosamente. Ajuda nas colheitas, é recebido em algumas casas e logo na primeira noite partilha a cama de Lucy, uma das belezas locais. Paulatinamente, a desconfiança mútua instala-se; talvez Jens não seja o único com algo a esconder. Um habitante que desaparece, mulheres sedutoras, estranhas fotos de nus, os elementos do thriller em Gutland convivem harmoniosamente com o mistério de uma atmosfera surrealista, provando Govinda van Maele no seu filme de estreia possuir um excelente controlo do tempo narrativo.

Sexta-feira, 24 de maio

17h

AMIZADES MASCULINAS

MÄNNER FREUNDSCHAFTEN

Rosa von Praunheim

País: Alemanha | Ano: 2018 | Duração: 85 min. | Legendas: PT (BR)

Quão gay era Goethe? E os seus contemporâneos? Inspirado pelo estudo de Robert Tobin, intitulado “Warm Brothers – Queer Theory and the Age of Goethe”, o realizador de culto Rosa von Praunheim explora estas e outras questões. Entrevistas realizadas com investigadores literários e historiadores comentam neste filme as encenações que, através de uma perspetiva queer, Von Praunheim faz da correspondência, de textos líricos e dramáticos. Filmado nos locais em que esses textos foram criados, “Amizades masculinas” resulta num filme iridescente e movimentado, que rompe as fronteiras do género em que se insere e que, de um modo divertido, explora o homoerotismo e a homossexualidade no classicismo de Weimar.

19h

MARIO

Marcel Gisler

País: Suíça | Ano: 2018 | Duração: 119 min. | Legendas: PT, EN

Pela primeira vez, o jovem futebolista Mario sente-se apaixonado, e o objeto do seu amor é Leon, a mais recente aquisição alemã do seu clube suíço. Leon joga também ao ataque e poderia converter-se num concorrente na seleção para a equipa principal. Porém, de momento, Mario não pensa nisso, preferindo entregar-se à sua paixão. Os seus sentimentos não passaram despercebidos a outros membros da equipa e os rumores alastram. Dividido entre a carreira de futebolista profissional e perder Leon, Mario sente-se numa encruzilhada. Chegará o momento em que vai ter de tomar uma decisão.

21h30

ATLAS

David Nawrath

País: Alemanha | Ano: 2019 | Duração: 100 min. | Legendas: PT (BR)

Os despejos são a principal atividade de Walter, um carregador de uma empresa de mudanças, que encara com uma calma estoica as dores no corpo e o confronto diário com o desespero dos outros. Porém, aquando de um negócio imobiliário duvidoso do seu patrão, depara-se com algo que o afeta profundamente: no último inquilino de um edifício antigo, que se opõe ao despejo, acredita reconhecer o filho que 30 anos antes havia abandonado. Quando Walter tenta proteger o filho e a respetiva família de serem postos na rua, vê-se ele próprio sujeito a uma pressão cada vez maior. O filme de estreia de David Nawrath, em que se destaca Rainer Bock no papel principal, conta uma multifacetada história entre pai e filho, em tempos de uma crescente gentrificação.

Sabado, 25 de maio

16h

OS SONHADOS

DIE GETRAÜMTEN

Ruth Beckerman

País: Áustria| Ano: 2016 | Duração: 89 min. | Legendas: PT

O encontro de Ingeborg Bachmann e Paul Celan em 1948 em Viena determina o início de uma história de amor dramática, marcada simultaneamente por uma íntima proximidade e por uma incomparável estranheza. Ruth Beckermann esboça os altos e baixos desta história no seu filme Die Geträumten [Os sonhados] a partir da correspondência trocada por estes dois artífices da palavra. O método que Beckermann emprega é tão invulgar quanto eficaz: num estúdio de som, a artista musical Anja Plaschg e o ator Laurence Rupp realizam leituras das empolgantes cartas, debatem e exploram os textos, tal como outrora Bachmann e Celan se debateram para encontrar as palavras certas, mergulham no contraditório universo sentimental do par amoroso, abandonam os papéis que desempenham, discutem, fumam, divertem-se. Um filme poético a respeito de amor e ódio, a meio caminho entre o documentário e a encenação.

18h00

VÁCUO

VAKUUM

Christine Repond

País: Alemanha, Suíça | Ano: 2017 | Duração: 85 min. | Legendas: PT

Nas vésperas do seu 35º aniversário de casamento, na sequência de exames de rotina, Meredith recebe a notícia de que é seropositiva. Segura de que só o marido a poderá ter contaminado, Meredith vem a descobrir que este frequenta prostitutas, obrigando-o a sair de casa. Algo ficou quebrado na relação e a cicatrização dessas feridas vai pôr à prova a capacidade de perdão de Meredith. No seu segundo filme, Christine Repond demonstra uma enorme sensibilidade para tratar as emoções que afetam a vida estável de um casal de meia-idade confrontado com o mais inesperado dos naufrágios.

21h30

SESSÃO DE ENCERRAMENTO

ESTAVA EM CASA, MAS

ICH WAR ZUHAUSE, ABER

Angela Schanelec

País: Alemanha, Sérvia | Ano: 2019 | Duração: 105 min. | Legendas: PT

O filho de treze anos de Astrid desapareceu sem deixar rasto. Quando, uma semana mais tarde, regressa a casa, fica em aberto se o seu desaparecimento teve a ver com a morte do pai. O dia-a-dia só gradualmente se recompõe e Astrid começa a olhar de maneira diferente para a sua vida burguesa. Na sua nona longa-metragem, Angela Schanelec combina, no seu estilo habitualmente minimalista, histórias soltas e cenas de ensaio de um teatro escolar para criar o retrato de uma família entre o medo da perda e nova coesão.

Bilhete Normal: €3.50 | Bilhete Estudante/+65anos/ alunos Goethe Institut: € 2.50 | Bilhete Associado CCP: €0.50

A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

nao temos mb