Setembro’18 | Casa das Artes

cinema na casa das artes

SETEMBRO

PEQUENOS GRANDE HEROÍS

+SEMANA BEAST FILM FESTIVAL

Estamos de volta. Após a pausa de agosto abrimos a nossa programação regular com um ciclo dedicado aos jovens protagonistas.
Na última semana de setembro recebemos nas nossas sessões regulares (e não só) o BEAST INTERNATIONAL FILM FESTIVAL.

Abrimos dia 6 com o filme de Ozu “Bom dia”, onde o realizador retoma um antigo filme seu “Nasci, mas…” adaptando-a a altura da rodagem. No sábado 8, continuamos no Japão com mais um mestre do cinema com a exibição em sala do clássico animado de Myiasaki “O Meu Vizinho Totoro”.
Na semana seguinte “O Meu amigo Pete” de Andrew Laigh conta a história de um jovem que abandonado pela mãe e lutando para sobreviver arranja um emprego com um tratador de cavalos onde conhece um cavalo com quem desenvolve uma relação única. “Micróbio e Gásolina” é uma ficção de Michel Gondry, com um imaginário muito prórpio a que já nos habitou o autor de “O Despertar da Mente”, “ A Espuma dos Dias” entre outros.
Fechamos a programação dedicada aos pequenos grandes herois com o filme A CIAMBRA, um  retrato de Jonas Carpignano sobre uma comunidade no sul de Itália com influências neo-realistas.*
Na semana seguinte recebemos o festival BEAST e a sua programação dedicada ao Cinema da Europa de Leste.
Não percam Setembro, há muito para ver!

* Sábado, 22 não teremos sessão por indisponibilidade da sala.

CCP_2018_09_Cartaz

 

Quinta-feira, 6 de setembro | 21h30

BOM DIA

OHAYO

Yasujiro Ozu

Japão | 1959 | FIC | 94’ | M/12

“Bom dia” retoma um antigo filme do próprio Ozu (“Nasci, mas…”), modificando a história para fazer sentido no período em que foi rodado: neste filme dois rapazes juram não voltar a dizer qualquer palavra até que os pais comprem um aparelho de televisão.

 

Sábado , 8 de setembro | 18h00

O MEU VIZINHO TOTORO

TONARI NO TOTORO

Hayao Miyazaki

JAPÃO | 1988 | FIC | 86’ | M/6

Quando duas raparigas se mudam para o campo para estarem perto da sua mãe em convalescença, passam por aventuras com os fantásticos espíritos da floresta que vivem ali perto.

Um filme de Miyazaki, um dos maiores realizadores de animação, co-fundador do Studio Ghibli .

 

Quinta-feira, 13 de setembro | 21h30
O MEU AMIGO PETE

LEAN ON PETE

Andrew Haigh

GB | 2017 | FIC | 121 | M/14

Charley Thompson tem 15 anos. Deseja um lar, comida na mesa e um liceu que possa frequentar mais do que parte do ano. Sendo filho de um pai sozinho que trabalha em armazéns por todo o Pacífico Noroeste, a estabilidade é difícil de encontrar. Esperando ter um novo começo, eles mudam-se para Portland, onde Charley aceita um emprego de Verão e se torna amigo do cavalo de corrida em decadência, Lean on Pete. Uma história profundamente comovente sobre amor, solidão, família e amizade, contada pelo prisma único da ligação de um rapaz a um cavalo de corrida muito especial.

 

Sábado, 15 de setembro | 18h00

MICRÓBIO E GASOLINA

MICROBE ET GASOIL

Michel Gondry

FRANÇA | 2015 | FIC | 105’ | M/12

“Micróbio” (Ange Dargent) é um rapaz tímido, muitas vezes perdido nos seus desenhos. “Gasolina” (Théophile Baquet) é um rapaz inteligente e inventivo, que chegou à escola a meio do ano. Os dois tornam-se rapidamente grandes amigos, e com o aproximar das férias de verão ambos sabem que nenhum dos dois quer passar esses meses com as respetivas famílias. Com o motor de um cortador de relva e algumas tábuas de madeira, eles constroem o seu próprio “carro” e partem à aventura nas estradas de França…

Quinta-feira, 20 de setembro | 21h30

A CIAMBRA

LA CIAMBRA

Jonas Carpignano

ITÁLIA | 2017 | FIC | 118’ | M/16

Numa pequena comunidade de ciganos em Calabria, Pio Amato está desesperado para crescer rapidamente. Aos 14 anos, ele bebe, fuma, e é um dos poucos a deslizar facilmente entre facções na sua região – os habitantes locais italianos, os refugiados africanos e os ciganos como ele. Pio segue o seu irmão Cosimo para todo o lado, com quem aprende as competências necessárias para viver nas ruas de Calabria. Quando Cosimo desaparece e tudo começa a correr mal, Pio faz os impossíveis para provar que está pronto a encarnar o papel do seu irmão mais velho. No entanto, rapidamente se depara com uma decisão impossível, que irá revelar se está ou não verdadeiramente preparado para se tornar um homem.

* Sábado, 22 não teremos sessão por indisponibilidade da sala.

 

Semana BEAST INTERNATIONAL FILM FESTIVAL

Quinta-Feira, 27 de Setembro | 21h30
O QUE DEIXAMOS PARA TRÁS

Jurate Samulionyte

LIT/AL | 2017 | DOC | 79’

Documentário de autor “O que deixamos para trás” (título original “Liebe Oma, Guten Tag!”) é criado da necessidade de dialogar sobre tópicos não pronunciados, de procurar respostas e de, espera-se, quebrar tabus. É um filme, onde duas irmãs da Lituânia – uma realizadora e uma fotógrafa – entram numa aventura pelo passado da sua avó alemã. Durante a pesquisa encontram a sua história de amor, a fuga, o desconforto de ser alemã na Lituânia Soviética e uma linha de suicídios na família. É tempo de falar. Sobre tudo. Uma longa viagem, que encaminha para duas direções – para outra pessoa e para ti mesmo.

Sábado, 29 de Setembro | 18h00

COR LITUANA DO DOCUMENTÁRIO POÉTICO

Sessão dedicado ao cinema poético Lituano com a presença do realizador Arunas Matelis e sessão de conversa.

“The Old Man and The Land” de Robertas Verba 1965 | 18′

Este filme é considerado um ícone do documentário poético do cinema Lituano. O herói deste filme é um aldeão lituano, Anupras, cuja visão arcaica torna-se o símbolo da identidade etno-cultural lituana  frequentemente oposta à criada pela propaganda Soviética. Presente no Baltic Festival de Cinema, All-State Festival de Cinema , vencedor de Prémio de melhor Realização entre outros.

“10 Minutes Before the Flight of Icarus” de Arūnas Matelis 1990 | 10′

Este filme é considerado o manifesto dos realizadores da geração pós-soviética, uma rejeição da abordagem declarativa directa. Presente no Oberhausen Festival de Cinema Internacional, Main Prize Bornholm Festival de Cinema & TV Internacional, vencedor do 3º Prémio Parnu Festival de Cinema Internacional e do Prémio Especial, entre outros.

“A Trip Across Misty Meadows” de Henrikas Šablevičius 1973 | 10′

Este filme continua a tradição do documentários poético Lituano. Descreve o desmantelamento das antigas linhas ferroviárias Siaurukas na Lituânia e a construção e troca por linhas e estruturas modernas. O filme foi frequentemente considerado como um exemplo do arquétipo da personalidade Lituana. Vencedor de prémios Internacionais na Checoslováquia, Alemanha, Geórgia, Estónia, entre outros.

“Before Flying Back to Earth”de Arūnas Matelis 2005 | 52′

Este filme é o mais recentemente aclamado filme Lituano. De forma poética, porém não sentimental, mostra a vida de crianças hospitalizadas com leucemia em Vilnius. Presente no Directors Guild of America, no DGA Award IDFA, Main prize Leipzig DOK Festival, Main prize EFA, nomeado para Melhor Documentário Europeu ZagrebDox e vencedor do Main prize, entre outros.

Bilhete Normal: €3.50 | Bilhete Estudante e +65anos: € 2.50 | Bilhete Associado CCP: €0.50 | Bilhete Escultura (nascidos em 2000): gratuito

A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.
Sala Henrique Alves Costa | Casa das Artes | Rua Ruben A, 210, Porto

Anúncios