cursos de cinema – HISTÓRIA DO CINEMA AMERICANO ( 1930-2000 )

O Cineclube do Porto tem aberta as inscrições para um Curso de Cinema sobre História do Cinema Americano ( 1930-2000) orientado por José Oliveira, realizador e critico de cinema. 

poster-hist-cinema-final

Datas: 29 de Outubro a 17 Dezembro ( sábados das 10h30 às 13h) 20h no total

local: Casa das Artes

Formador: José Oliveira

José Oliveira nasceu em Braga em 1982. Estudou Cinema na Escola Superior Artística do Porto. Realizou alguns filmes de forma independente, alguns estreados na Cinemateca Portuguesa (como por exemplo 35 ANOS DEPOIS, O MOVIMENTO DAS COISAS, realizado em parceria com Mário Fernandes e Marta Ramos) . Escreve sobre cinema regularmente no seu blog pessoal: http://www.raging-b.blogspot.pt (tendo sido referência de consulta no site da revista Cahiers du Cinema), bem como na Foco – Revista de Cinema.
É ainda formador, tendo colaborado com Os Filhos de Lumière – Associação Cultural em inúmeras ocasiões.
Recentemente fundou, com João Palhares, o LUCKY STAR – Cineclube de Braga.
LONGE é o seu último trabalho que escreveu e realizou, produzido pela OPTEC – filmes, e que fez parte da seleção oficial do prestigiado festival de Locarno na edição de 2016. 

conteúdo: 

1º e 2º Sessões
– Os irmãos Lumière: o moderno desbravamento do caminho.
– A nascença de Hollywood, os aventureiros e pioneiros: David W. Griffith, Eric Von Stroheim, Chaplin e Keaton, entre outros fundamentais.
Excertos de vários filmes dos realizadores citados; excertos do filme “Unknown Chaplin” de Kevin Brownlow & David Gill.
F. W. Murnau: o antes e o depois.

3ºe 4º sessões
– Os anos 30: uma técnica ainda imperfeita, fugidia, genuinamente selvagem e perfeitamente experimental: Raoul Walsh, Leo McCarey, Howard Hawks e John Ford.
– O “código Hayes”: o génio da sugestão em Ernst Lubitsch ou em Cecil B. DeMille, George Cukor ou Frank Capra.
Os anos 40 e o apogeu de uma linguagem elevada à perfeição: “The Fountainhead” de King Vidor.
Os grandes estrangeiros: Fritz lang, Jean Renoir ou Robert Siodmak.
– A grande depressão e o New deal: o humanismo no Cinema Americano.
– Projecções de apresentações em vídeo por figuras do cinema: Sérgio Alpendre, Bruno Andrade. (em colaboração com o Lucky Star – Cineclube de Braga)

5º e 6º sessões
– Os fifties Americanos e a obsessão pelo acrescento de realismo e de espectáculo: o surgimento do Cinemascope; a cor e o technicollor, as três dimensões, o actors studio e a psicologia.
– Os géneros: western, noir, musical, etc.
– O caso dos temperamentais que revolucionaram no interior do sistema: Elia Kazan, Nicholas Ray, Samuel Fuller, os inícios de Sam Peckimpah.
– O clássico e o moderno indefinível: “The Wings of Eagles” e “Rebel Without a Cause”.
– A queda do código e a violência latente, os anos 60 e o início do fim com a falência das majors e de certos valores, o filme síntese de uma época: “The Chase” de Arthur Penn.
– Projecções de apresentações em vídeo por figuras do cinema: Chris Fujiwara, Jean Douchet, Bernard Eisenschitz, Miguel Marías, Jorge Silva Melo,entre outros. (em colaboração com o Lucky Star – Cineclube de Braga)
Convidado especial: João Palhares.

7º e 8º sessões
– A guerra e a sua alienação: os anos 70 em oposição aos anos 80.
O Vietname, o escândalo Watergate, as contracorrentes e os Kennedy, Malcom X e Martin Luther King: “Easy Rider”, “Five Easy Pieces”, Francis Ford Coppola, Martin Scorsese, “Rocky”, ”The Deer Hunter” e “Apocalipse Now”.
Os movie brats, Spielberg, Lucas e companhia.
– O apogeu da promessa Hollywoodiana e o seu estertor: “Heavens Gate”.
– Os anos 80, as cores berrantes e os homens de aço: Ronald Reagan e o surgimento dos super-heróis; John Rambo e “Saturday Night Fever”, a sci-fi delirante. John Carpenter e os seus filhos.
– Os anos 90: “Heat” de Michael Mann”, Quentin Tarantino, Paul Thomas Anderson e James Gray.
– Clint Eastwood e todo o legado dos mestres clássicos: “Unforgiven” e os demais.
– Projecções de apresentações em vídeo por figuras do cinema: Matheus Cartaxo, Tag Gallgher, entre outros. (em colaboração com o Lucky Star – Cineclube de Braga)

Nota: durante qualquer sessão poderemos ter convidados especiais ou participações via skype.

 

Preço: 

público geral: 120 € ( 50 % a serem pagos até 21 de Outubro e os outros 50% até dia 18 Novembro )

sócios CCP / Estudantes: 90€ ( 50 % a serem pagos até  21 de Outubro e os outros 50% até dia 18 Novembro )

 

Inscrição:

Enviar email para producao@cineclubedoporto.pt com o nome, email, telefone, morada, número de identificação fiscal, e no caso de ser estudante, comprovativo de matricula ou digitalização do cartão de estudante.

Na eventualidade da não concretização do workshop o valor da inscrição será devolvido aos participantes.

 

Para qualquer esclarecimento adicional enviar email para producao@cineclubedoporto.pt.

 

Anúncios