FEVEREIRO 2016 | CASA DAS ARTES

CINEMA :: Sala Henrique Alves Costa – CASA DAS ARTES

fevereiro

VIAGEM

 

FOTO CAPA FB fevereiro

Dedicamos o mês de fevereiro ao tema da Viagem.
A viagem, interpretada tanto como percurso ou transição, leva-nos a escolher 8 filmes que pretendem contar na sua narrativa mais que histórias e caminhos, colocar-nos interrogações e fazer-nos pensar na constante mudança física e sensorial da pessoa no espaço onde se insere.
Sugerimos na abertura do ciclo a última obra de João César Monteiro “Vai e Vem”, numa obra claramente testamentaria onde se pensa uma vida toda, no que foi um dos maiores cineastas do nosso pais.
Os “road-movies” que mais literalmente convocam a ideia de viagem são representados tanto pelo filme de culto “Priscilla, a rainha do deserto” como pelo ” Darjeeling Limited” realizado por Wes Anderson.
Na programação integra-se também o último filme realizado por Michael Mann: “Blackhat: Ameaça na Rede” em que assistimos a uma viagem pelos perigos criados pelo mundo ligado globalmente pela rede digital.
“Nostalgia da Luz”, um documentário de Patricio Guzmán, que faz um paralelismo entre o mundo cósmico e a procura incessante de um conjunto de mulheres pelos seus familiares desaparecidos. Fechamos com “Anomalisa” uma animação surpreendente de Charlie Kaufman, nomeada aos óscares de 2016.

CCP_02-2016_Cartaz_PRINT

quinta-feira, 4 fevereiro, 21h30

VAI E VEM

João César Monteiro
PORTUGAL | 2003 | fic | 179′

Em “Vai e Vem”, João César Monteiro – que já foi Max Monteiro e João de Deus -, é o senhor João Vuvu, parente próximo de João de Deus (a quem Monteiro dedicou uma trilogia), viúvo e muito pouco sociável, que efectua diariamente o mesmo passeio no autocarro nº100, entre a Praça das Flores e o Jardim do Príncipe Real, em Lisboa.
Durante as viagens de autocarro, a vontade de isolamento do Sr. Vuvu é perturbada: envolvido nas mais curiosas aventuras e desventuras filosofico-eróticas, encontra-se com os mais insólitos personagens, que lhe vão dar muito que pensar. A casa, onde livros e discos são as suas únicas companhias, começa a requerer urgentemente os préstimos de uma mulher-a-dias que teima em não aparecer.
João César Monteiro encena neste seu último filme a própria morte, interpela o espectador e olha-o como nunca o olhou, para no fim nos deixar um vazio impossível de preencher no cinema português.

 

Sábado, 6 fevereiro, 18h

PRISCILLA, A RAINHA DO DESERTO

THE ADVENTURES OF PRISCILLA, QUEEN OF THE DESERT
Stephan Elliott
AUSTRÁLIA /UK | 1994 | FIC | 104′

Duas drag queens, Anthony/Mitzi e Adam/Felicia, e uma Transsexual, Bernadette/Ralph, são contratados para fazer um show travesti numa cidade no remoto deserto australiano. Eles viajam a bordo de um autocarro: Priscilla. Pelo caminho, descobrem que a mulher que os contratou é mulher de Anthony. O autocarro avaria-se, e é consertado por Bob, que passa a viajar com eles.

 

Quinta-feira, 11 fevereiro, 21h30

BLACKHAT: AMEAÇA NA REDE

Michael Mann
TAILÂNDIA/JAPÃO | 2013 | FIC | 138′

Nicholas Hathaway foi condenado a 15 anos de prisão por crime informático. Quando as autoridades norte-americanas encontram um código seu num “malware” (“software” malicioso, vírus) que desencadeou um ataque terrorista, decidem contactá-lo. O que lhe propõem é tentador: se ele concordar em colaborar nas investigações e enfrentar um poderoso “hacker” que ameaça os sistemas de segurança do planeta, a sua pena será comutada. Esta oportunidade vai juntá-lo a um velho amigo, mas irá colocá-lo também no centro de um jogo de poder entre os governos norte-americano e chinês, assim como uma rede internacional de cibercrime que o obrigará a percorrer várias lugares do mundo, dos EUA à China, passando pela Indonésia ou Malásia.

 

Sábado, 13 fevereiro, 18h
LISBON REVISITED

Edgar Pêra
PORTUGAL | 2014 | EXP. | 66′
COM A PRESENÇA DO REALIZADOR

Lisbon Revisited é uma viagem onírica (e trágica) vista através dos olhos espantados de um trans-humano e uma kino-sinfonia de vozes dos inúmeros heterónimos de Fernando Pessoa.
“Pensar é estar doente dos olhos”, disse Alberto Caeiro, o mais sensorial dos heterónimos de Pessoa. Lisbon Revisited vive através desta doença, mostrando formas alternativas de ver (a cidade) e ouvir (Pessoa). O título vem de um poema do seu heterónimo futurista, Álvaro de campos. Este filme é numa cine-liturgia e um kino-exorcismo de Lisboa e dos fantasmas de Fernando Pessoa. Poliglota, polifónico e tridimensional, Lisbon Revisited é falado nas três línguas em que Pessoa escreveu: Português, Inglês e Francês.

 

Quinta-feira, 18 fevereiro, 21h30

NOSTALGIA DA LUZ

NOSTALGIA DE LA LUZ
Patricio Guzmán
CH/FR/AL/EUA | 2010 | DOC | 90′

Um filme sobre a distância entre o céu e a terra, entre a luz do cosmos e os seres humanos e as idas e voltas que se criam entre eles. No Chile, a três mil metros de altura, astrónomos do mundo inteiro encontram-se no deserto de Atacama para observar as estrelas. Neste lugar, a transparência do céu permite ver os confins do Universo. Na terra, o solo preserva os restos intactos, mumificados para sempre, de exploradores, mineiros, índios e prisioneiros políticos da ditadura. Enquanto os astrónomos procuram vida extraterrestre, um grupo de mulheres remove pedras à procura de familiares.

 

Sábado, 20 fevereiro, 18h

BABEL

Alejandro Iñarritu
FR/MEX/EUA | 2006 | FIC | 143′

Vencedor do Prémio de Melhor Realizador e o Prémio do Júri no Festival de Cannes de 2006 “Babel”, filme de Alejandro González Iñárritu (“birdman”, “revenant”) é a história de um incidente trágico que gera uma cadeia de acontecimentos em 4 famílias, em 4 continentes. Ligados por circunstâncias mas separados por continentes, culturas e línguas, cada personagem descobre que é a família que, em ultima análise, providencia consolo.
No deserto Marroquino, um tiro de espingarda detona uma série de acontecimentos que ligam um casal de turistas americanos, 2 rapazes marroquinos, uma ama que atravessa ilegalmente a fronteira para o México com duas crianças americanas e o pai de uma adolescente japonesa procurado pela polícia em Tóquio. Em poucos dias, cada um enfrentará a sensação vertiginosa de estar verdadeiramente perdido – perdido no deserto, perdido no mundo, perdido de si próprio.

Quinta-feira, 25 fevereiro, 21h30

THE DARJEELING LIMITED

Wes Anderson
EUA | 2008 | FIC | 98′

Três irmãos que não se falam desde a morte do pai decidem fazer uma viagem de comboio que atravessa a Índia para recuperarem os laços familiares quebrados e se reencontrarem. Mas a “busca espiritual” de Francis, Peter e Jack vai descarrilar rapidamente e eles vão parar ao meio do deserto, com onze malas e uma série de contas a ajustar com a vida. Neste país onde não conhecem nada, começa então uma outra viagem, preenchida com ricos imprevistos, uma verdadeira odisseia, que trará de volta a amizade e a fraternidade… ou talvez não.
“The Darjeeling Limited”, filme de Wes Anderson com o seu habitual olhar sobre uma família disfuncional e peculiar (a rever “Os Tenenbaums” e “Um Peixe Fora d’Água”), é protagonizado por Owen Wilson, Adrien Brody e Jason Schwartzman e conta ainda com as participações de Bill Murray e Anjelica Huston.

 

Sábado, 27 fevereiro. 18h

ANOMALISA

Duke Johnson, Charlie Kaufman
EUA | 2015 | FIC | 90′

Michael Stone ganhou fama e fortuna com o seu livro de auto-ajuda “Como Posso Ajudá-lo a Ajudá-los?”. Todavia, ele é um homem melancólico, misantropo e amargurado com a sua própria vida. Quando se desloca ao Connecticut (EUA) para uma palestra, conhece Lisa, uma pessoa muito especial por quem se apaixona profundamente. Em poucos dias os dois vivem uma intensa história de amor e Michael sente-se renascer. Porém, ele é um pai de família respeitado e, mais tarde ou mais cedo, chegará momento de regressar à sua existência de sempre…
Realizado por Charlie Kaufman e Duke Johnson, um filme de animação em “stop motion” para o público adulto que recria a peça homónima também da autoria de Kaufman (sob o pseudónimo de Francis Fregoli). No filme, podemos ouvir as vozes de David Thewlis, Jennifer Jason Leigh e Tom Noonan. 

Bilhete Normal: €3.50 | Bilhete Estudante e +65anos: € 2.50 | Bilhete Associado Cineclube do Porto: €0.50
A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.
Clube Português de Cinematografia – Cineclube do Porto | T. 927 476 519
ccp@cineclubedoporto.pt | facebook.com/cineclubedoporto | cineclubedoporto.wordpress.com
Casa das Artes – Sala Henrique Alves Costa | Rua de Ruben A. 210, 4150-639 Porto | T. 220 116 350
culturanorte.pt |casadasartes.pt | facebook.com/casadasartesporto
Anúncios