CASA DAS ARTES | 25, 26 e 28 de JUNHO

Quarta-feira | 25 de junho | 21h30

FILME DO DESASSOSSEGO

João Botelho

PORTUGAL | 2010 | Fic  | 90’ | M/12

 o filme do desassossego

A ação decorre em três dias e três noites, num quarto de uma casa na Rua dos Douradores, em Lisboa. Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros, é um homem solitário e atormentado que vai anotando os seus pensamentos e angústias num livro, que intitula de “Livro do desassossego”…
Realizado por João Botelho, uma adaptação cinematográfica da mais autobiográfica obra de Fernando Pessoa, teve o apoio do Ministério da Cultura/ICA, Câmara Municipal de Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian e Rádio e Televisão de Portugal.

Interpretação:  Cláudio Silva, Pedro Lamares, Ricardo Aibéo | Realização: João Botelho | Argumento: João Botelho a partir da obra de Fernando Pessoa | Fotografia: João Ribeiro | Montagem: João Braz | Produção: Alexandra Oliveira

 

 

Quinta-feira | 26 de junho | 21h30

A ESPUMA DOS DIAS / L’ECUME DES JOURS

Michel Gondry

FRANÇA | 2013 | Fic. | 131’ | M/12

lecumedesjours

Colin (Romain Duris) é um homem que não se pode queixar da vida que leva: é abastado, tem um cozinheiro maravilhoso e pode dar-se ao luxo de passar o tempo a criar bebidas a partir de música, graças ao seu “pianocktail”. Contudo, sente um vazio e, por isso, exige apaixonar-se. Assim acontece quando, numa festa, conhece Chloé (Audrey Tautou). Os dois enamoram-se e vivem uma história de amor sem paralelo, envolta em cenários de sonho, fantasia e ideais. Mas essa história sofre um revés em plena lua-de-mel, quando descobrem que ela padece de uma doença rara, causada por um nenúfar que cresce dentro do seu pulmão esquerdo. Agora, todos os momentos e todas as ações convergem para assegurar o bem-estar dela, levando Colin a percorrer caminhos tão desconcertantes e fantásticos como a própria doença de Chloé.
Um filme marcado pelo surrealismo em catadupa, nascido da adaptação da obra homónima de Boris Vian pelo realizador francês Michel Gondry (“O Despertar da Mente”, “A Ciência dos Sonhos”), que co-assina o argumento com Luc Bossi.

Título Original: L’Ecume des Jours | Interpretação: Romain Duris, Audrey Tautou, Omar Sy | Realização: Michel Gondry | Argumento: Michel Gondry, Luc Bossi | Fotografia: Christophe Beaucarne | Montagem: Marie – Charlotte Moreau| Produção: Xavier Castano | Música: Étienne Charry

 

 

Sábado | 28 de junho | 16h00

AS DONZELAS DE ROCHEFORT / LES DEMOISELLES DE ROCHEFORT

Jacques Demy

FRANÇA | 1967 | Fic. | 120’ | M/12

 les-demoiselles-de-rochefort-poster

Catherine Deneuve e a sua irmã Françoise Dorléac (prematuramente desaparecida num trágico acidente) são as “donzelas de Rochefort”, outro porto francês amado e cantado por Jacques Demy. A história, em estilo de conto de fadas à volta de marinheiros e raparigas por eles apaixonadas, é uma celebração e homenagem ao musical americano que tanto fascinava Demy, e que se materializa na presença de Gene Kelly e do intérprete de WEST SIDE STORY, George Chakiris.

 

Título Original: Les Demoiselles de Rochefort | Interpretação: George Chakiris, Catherine Deneuve, Françoise Dorléac | Realização: Jacques Demy | Argumento: Jacques Demy | Fotografia: Ghislain Cloquet | Montagem: Jean Hamon | Produção: Mag Bodard | Música: Michel Legrand

Bilhete Normal: €3.50 | Bilhete Estudante e +65anos: 2.50 | Bilhete Associado Cineclube do Porto: €0.50

A bilheteira abre 30 minutos antes de cada sessão.

_

Clube Português de Cinematografia – Cineclube do Porto| T. 927 476 519

ccp@cineclubedoporto.pt | facebook.com/cineclubedoporto | cineclubedoporto.wordpress.com

 

Casa das Artes – Sala Henrique Alves Costa | Rua de Ruben A. 210, 4150-639 Porto | T. 226 006 152

culturanorte.pt |casadasartes.pt | facebook.com/casadasartesporto

Anúncios