Cinema no Museu – Todas as quintas de Agosto 2013 no MNSR

Todas as 5ª feira do Mês de Agosto pelas 22h00, o Cineclube do Porto levará ao Museu Nacional Soares dos Reis um ciclo documental, que contará com a exibição dos seguintes filmes:

1 DE AGOSTO 

PEDRO CALAPEZ – TRABALHOS DO OLHAR de Luís Miguel Correia

09699311e_530919230111
Portugal | 2009 | Doc. | Cor |48’

Pedro Calapez é um dos artistas portugueses com maior destaque internacional. A sua obra, plasticamente poderosa, tem-se desenvolvido de forma consistente desde os anos 70. Mas o seu percurso é rico em alterações, mudanças, invenções, continuidades, uma experiência permanente ao nível da cor, do desenho e dos materiais. O filme olha de perto o artista no seu atelier ou na montagem de uma exposição, revelando o seu processo de criação, indagando a própria especificidade da pintura. Ao mesmo tempo, é-nos dada a riqueza e as dimensões do trabalho artístico de Calapez, numa viagem que vai da exposição na Galeria Max Estrella, em Madrid, à Casa da Cerca, em Almada, mas também olhando um trabalho cenográfico e revelando as obras públicas, nomeadamente os trabalhos efectuados no Mosteiro dos Jerónimos, na Igreja da Santíssima Trindade, no santuário do Fátima ou na praça em calçada portuguesa na Porta-Sul da Exposição Internacional de Lisboa de 1998.

8 DE AGOSTO 
ANTÓNIO SENA – A MÃO ESQUIVA de Jorge Silva Melo 

sena-3-ok
Portugal | 2009 | Doc. | Cor | 59’

António Sena expõe desde 1964. Serralves realizou em 2003 uma extraordinária retrospectiva de António Sena. Eu não o conhecia pessoalmente; mas conhecia-lhe grande parte da obra discreta, intensa, original. Surgiu a ideia de fazermos um filme: não um documentário histórico, retrospectivo, mas uma maneira de ver a transformação das formas no tempo. E fomos filmando: entre 2003 e 2009. O que me interessou foi filmar-lhe “a incessante mão”, a mão que escrevinha, rasura, escreve, acrescenta, pinta e apaga ou pinta e inscreve. Incessantemente. E se esquiva.Jorge Silva

15 DE AGOSTO

6=0 HOMEOSTÉTICA de Bruno de Almeida 

2b636d00ca4fd99c73306a13e7c7c9f9
Portugal | 2009 | Doc. | Cor | 50’

Documentário sobre o movimento Homeostética, que surgiu em Lisboa nos anos 80 e foi constituído pelos artistas Fernando Brito, Ivo, Pedro Portugal, Pedro Proença, Manuel João Vieira e Xana. Utilizando o humor como estratégia de demarcação crítica, a Homeostética manteve sempre uma posição marginal de fortes influências Dadaistas e desenvolveu uma intensa produção que resultou em exposições, textos, manifestos, filmes, concertos e outras performances colectivas. Discretos nas suas realizações e desprezando olimpicamente a sua própria glorificação, os homeostéticos perderam em visibilidade externa o que vieram a ganhar em modo de existência. Para eles o sentido da vida encontrava-se na criação artística e a criação artística, por sua vez, permitia-lhes inventar novas possibilidades de vida. O Museu de Serralves dedicou-lhes uma retrospectiva em 2004.

22 DE AGOSTO

BANKSY – PINTA A PAREDE! de Banksy

26052011_banksy-650x910

Reino Unido | 2010 | Doc. | Cor | 87’

Documentário assinado pelo artista de rua Banksy, que traça a história de um movimento, a street culture. O documentário segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspectiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia.

29 DE AGOSTO

A ARCA RUSSA de Aleksandr Sokurov

74c9770f6f66eba68540215fade36ced_jpg_290x478_upscale_q90

Rússia | 2002 | Doc. | Cor | 96′

2.000 actores, 33 salas do Museu Hermitage, 300 anos de História da Rússia ensaiado durante 3 meses, filmado de uma só vez, num único plano-sequência de 90 minutos

ENTRADA LIVRE

com o apoio da Casa da Animação

Anúncios